Noite na Taverna - Álvares de Azevedo

"Minha história? Escutais: o passado é um túmulo! Perguntai ao sepulcro a história do cadáver! Ele guarda o segredo... dir-vos-á apenas que tem no seio um corpo que se corrompe! Lerei sobre a lousa um nome - e não mais!"